// arquivos

protestos

Esta tag está associada a 4 posts

No tempo das manifestacões

No Brasil, segundo nossa constituição, o direito de se manifestar é algo garantido a todos, e ele nunca foi tão utilizado como está sendo agora. Manifestações de grande porte tomaram a avenida Paulista, que pode ser considerado o principal polo financeiro da cidade de São Paulo. No entanto, essas manifestações diferem muito quanto à posição dos manifestantes em relação ao atual governo, que pode ser considerado o principal motivo dos dois atos. Enquanto os manifestantes de sexta-feira (13 de março de 2015) eram pró-governo Dilma, os de domingo (15 de março de 2015) eram definitivamente contra.

Rede social sob controle?

A revolta turca começou devido insatisfações da população com o AKP (Partido da Justiça e Desenvolvimento) do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan. Uma das maiores causas de insatisfação é a falta de dialogo com a sociedade sobre medidas governamentais tomadas.

Sede por democracia

A Primavera Árabe ficou conhecida como uma onda de protestos que se espalhou pelo Oriente Médio e norte da África. Ela se iniciou em dezembro de 2010 com o jovem tunisiano Mohamed Bouazizi, que vivia com sua família vendendo frutas e teve os seus produtos confiscados pela polícia por se recusar a pagar sua propina. Revoltado com a situação, ateou fogo no próprio corpo como forma de manifestação das condições de vida de seu país. Seu gesto inspirou as revoltas árabes, que tinham como foco a derrubada dos ditadores e, consequentemente, a busca por uma democracia onde se pudesse ter liberdade.

Protestos por um Brasil melhor?

Os protestos iniciados em junho no Brasil ocorreram devido ao aumento do preço das passagens dos ônibus – o estopim para as revoltas que repercutiram. O sucesso das tais “passeatas pacíficas” fez com que se espalhassem de São Paulo para outros lugares do país, como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Brasília e muitos outros. O aumento de 20 centavos nas passagens foi só a gota d’água. Há diversos outros motivos para revolução, e todos eles envolvem um progresso no país, com melhorias na educação, no transporte, na saúde e maior transparência política. – Por: Leticia Scattone De Luiz e Luiza Ferreira.