// arquivos

internet

Esta tag está associada a 12 posts

Internet: a limitação tem limites!

A internet deixou de ser apenas uma ferramenta para seus usuários e já faz parte da estrutura da vida contemporânea de forma fundamental. Com o crescimento da utilização do serviço, empresas despreparadas em relação ao desenvolvimento da infraestrutura de conexão pretendem limitar o uso de dados da internet fixa. Mas seriam os planos limitados justos e viáveis para a população brasileira em seu contexto atual? Se as empresas investissem em melhorar e desenvolver a infraestrutura da banda larga no Brasil, seria possível atender a demanda de internet que lhes é requerida atualmente, trazendo muito mais qualidade para os consumidores. Tudo que a população deseja é pagar um preço justo por uma internet justa, como deveria ser. – Por: Raphael Sarno.

Rede antissocial

Antigamente, nos navios negreiros, na exploração dos bandeirantes, nas senzalas e plantações de algodão. Mais tarde, no mercado de trabalho. E agora, principalmente nas redes sociais. O preconceito está presente no dia a dia dos brasileiros há séculos. Entretanto, com o anonimato que atualmente se consegue por trás da tela de um computador, é mais fácil de se posicionar e argumentar covardemente sobre teorias de ”raças superiores”.

Internet, avanço ou retrocesso?

Em pleno século XXI, a internet é de extrema importância para todos nós, tanto na escola, como no trabalho e na vida social. Porém, como tudo em excesso, a internet se não regulada e utilizada com cautela pode nos atrapalhar. É evidente que a internet nos traz diversos benefícios, mas de acordo com estudos realizados pela University College of London, seu uso acaba prejudicando principalmente os estudos de jovens e adolescentes.

Compartilhar para viver ou viver para compartilhar?

Publicar, curtir, comentar e, por fim, compartilhar. Constantemente, essas ações estão envolvidas no modo de vida dos indivíduos da sociedade atual, fortemente influenciados por essa rede de comunicação que os induz a dividir momentos com outros internautas. Será que esses momentos não seriam melhor aproveitados se estivéssemos menos preocupados com as curtidas e mais em curtir? – Por: Bruno Pagetti e Maria Fernanda Sasson.

Redes sociais incontroláveis?

O que a população pensa sobre o uso excessivo das redes sociais?

A cada dia mais jovens dependem desse vício para poder se comunicar ou até viver, porque existem jovens que falam “sem meu Facebook eu não vivo”. É preocupante, estão deixando coisas mais importantes para fazerem, e preferem passar horas na frente do computador ou de um aparelho celular.

Deep Web: o submundo virtual

Diariamente a maioria das pessoas que possuem acesso a internet visitam diversos sites frequentemente: desde páginas de busca como o Google até redes sociais como o Facebook. Mas será que essas pessoas tem conhecimento do mundo virtual que se omite por baixo de provedores diversos e misteriosos? Quais serão os mistérios existentes na vasta Deep Web?

A revolta dos injustiçados… pela internet

A humanidade chegou a um ponto em que a internet exerce tanta influência em nossas vidas que mudanças e regras tiveram que ser impostas para controlar o mundo virtual, evitando que pessoas sejam prejudicadas pelo mau uso da rede. Temos, antes de tudo, que pensar nas empresas e pessoas que são prejudicadas pelo atual sistema que rege nossa rede, pois dependem de suas vendas para progredirem. As leis de combate à pirataria pretendiam bloquear os compartilhamentos gratuitos de música, livros e filmes, que atualmente são facilmente “baixados” da internet, por diversos meios. Mas a reação dos usuários pode alterar o caminho dessas propostas de controle da rede. – Por: Nicholas Perry e Klaus Gennari

O Google sabe a resposta – e você?

Rapidez, praticidade e simplicidade são comumente apontadas como as principais vantagens de tecnologias de pesquisa online. As novas gerações transformaram ferramentas como o Google em um utensílio de uso diário sem precisar fazer nem metade do esforço das gerações anteriores para conseguir ter acesso a informações. Porém, tanta facilidade não traz impactos na forma como as pessoas lidam com o conhecimento? O desenvolvimento do nosso cérebro pode ser afetado por diversos fatores que estão relacionados, principalmente, com a facilidade fornecida à sociedade pelas ferramentas tecnológicas. – Por: Tais Mayara Coelho.

Por trás dos ataques anônimos

Provavelmente, todos ouviram falar do incidente com o Wikileaks, que era um site destinado a revelar informações confidenciais de governos e empresas grandes. Um soldado norte-americano tinha roubado mais de 250.000 telegramas trocados pelo governo dos Estados Unidos, mas o que ele não sabia é que eles eram extremamente polêmicos, então, ele os enviou ao Wikileaks . O que causou tanta polemica foi o fato de muitos desses telegramas serem classificados “Ultra-Secretos” pelo governo dos EUA. Depois de algum tempo, os EUA decidiu que já era demais, então fez a Amazon, que servia de servidor para o Wikileaks, cancelasse o site. Foi nessa hora que começaram as revoltas. Pessoas em toda internet, da TV e jornais começaram a questionar essa ação.

O lado ruim do anonimato virtual

Cada vez mais cedo as crianças começam a usar a internet. Por um lado isso é extremamente benéfico, pois faz com que a criança já crie mecanismos para usar o computador e assim desenvolver melhor seu intelecto para outras atividades. Mas por outro lado isso pode deixá-las muito vulneráveis quando se comunicam com desconhecidos que nem sempre têm boas intenções.