// arquivos

feminismo

Esta tag está associada a 6 posts

Mulheres: o segundo sexo?

Desde a origem da espécie humana, divisões de trabalho foram estabelecidas e separadas, dirigidas para homens e mulheres. O homem é visto como mais forte e valente, enquanto a mulher é percebida como mais sensível e cautelosa – esses são conceitos que vemos presentes e idealizados até hoje em nossa sociedade. Essa visão sobre os sexos foi por muitas vezes usada de forma opressora e preconceituosa, gerando civilizações em que o homem é tido como superior e a mulher é rebaixada. Exemplo claramente visível é o de que até poucos anos atrás todos os chefes políticos e religiosos eram homens, cenário que lentamente vem se alterando.

A desvalorização feminina no esporte

Não é de hoje que são constatadas as descaradas diferenças sexistas entre homens e mulheres. As injustiças que se manifestam em diferenças salariais e posicionamentos sociais podem ser percebidas também no esporte, em que se ressalta o papel masculino, ofuscando a participação feminina. Seja pela discrepância física, preconceitos quanto a técnica e desenvolvimento e consequentemente falta de divulgação na mídia, as modalidades esportivas praticadas por mulheres acabam por não atingir um público mais amplo. Por: Giovanna Baccin.

Intolerância ou abuso de um poder inexistente?

Quando você escuta sobre machismo e feminismo, no que você pensa? Na luta pelos direitos da mulher, no respeito, na violência? Temos a impressão de que quase todos os homens são machistas e as mulheres, feministas. Mas não é assim: existem homens feministas e mulheres machistas. O que é isso? Por que, em pleno século XXI, ainda presenciamos batalhas sobre gêneros? – Por: Lucas Ventura Bertussi.

A Palavra com F

Há milhões de anos a humanidade nos levou a entender descobertas e questões incrivelmente complexas que construíram nossa história. Dos algarismos arábicos aos diferentes tipos de quarks, nossas mentes se abrem e evoluem. Mas em pleno 2014, há ainda um conceito, baseado na igualdade e no respeito, tão simples e básico, mas não entendido por grande parte da população: o feminismo.

Quem precisa de machismo?

Ser mulher. Mas o que é ser mulher? Ser mulher é lutar por direitos. É ter liberdade de escolha. É poder dizer aquilo que quiser. É repensar valores e comportamentos. É transformar radicalmente a sociedade. É o movimento feminista invadindo o Brasil.

Mulheres: um sexo (nada) frágil

Quem é que trabalha, leva os filhos ao colégio, cuida da casa, do cachorro, do papagaio, busca os filhos, separa as contas, decide o que fazer com o dinheiro da família, corre atrás das coisas para todos, faz curso disso, faz curso daquilo, leva trabalho para casa, planeja viagens e mais um milhão de coisas que são impossíveis de listar? Sim, o famoso “sexo frágil” que de frágil não tem nada, porque faz tudo isso de salto alto. Agora você já sabe quem é o “sexo forte”?