// você está lendo...

Acontece no Stockler

A nutrição dos alunos na balança

Alguns alunos se sentem entediados em fazer lições de casa repetitivas ou que apenas venham a cobrar o que foi aprendido em sala de aula. Para produzir conhecimento e levar os alunos à reflexão sobre sua nutrição, convidamos os alunos da 3ª série do ensino médio do Stockler a realizar uma tarefa cujos resultados são apresentados neste texto.

A tarefa consistia em anotar todos os alimentos ingeridos em um determinado dia e levantar dados referentes a calorias, proteínas e sódio. O levantamento deveria ser feito com base nas informações presentes nos rótulos dos produtos industrializados. Todos os dados que não pudessem ser conseguidos dessa forma, deveriam ser pesquisados no site http://www.unifesp.br/dis/servicos/nutri/. Buscamos, dessa forma, uniformizar as informações, pois os dados obtidos em diferentes fontes poderiam apresentar distorções significativas.

O trabalho de reunir as informações fornecidas pelos alunos está longe de ser uma dissertação de mestrado, mas apenas compila e organiza os dados de uma lição de casa. Para aumentar a adesão dos alunos foram prometidas duas apresentações em PowerPoint como reforço positivo. Essas apresentações são referentes aos assuntos tratados em aula e servem como mais uma fonte de estudos.

Ainda assim, foi possível antever possíveis problemas tais como:

  • esquecimento da anotação de algum item entre refeições (balas, chicletes,…)
  • engano na consulta da tabela: o aluno pode ter consultado em linha diferente o valor das calorias, das proteínas ou do sódio.
  • erro na conversão dos dados: os nutrientes são apresentados na tabela em relação a 100 g e pode haver erros nas contas.
  • falha na estimativa de massa: alguns alunos podem ter tido dificuldades em estimar a massa de uma colher de arroz ou a massa de uma banana, por exemplo.

Como complemento, realizamos em sala de aula o cálculo do IMC (Índice de Massa Corporal) e solicitamos a informação do nível de atividade física dos alunos para aprofundar algumas questões, como veremos a seguir. A fórmula utilizada para esse cálculo foi:

Os resultados podem ser conferidos nos links abaixo:
Adesão à pesquisa
Ingestão de calorias, proteínas e sódio
IMC e atividade física

Palavras finais

Mesmo que esses dados não sejam passíveis de publicação científica, acreditamos que atingimos algumas metas:

  1. Estímulo ao trabalho de pesquisa: provavelmente o aluno percebeu nesse único dia que o trabalho de pesquisa requer atenção, disciplina, método, capricho etc.
  2. Reflexão sobre os hábitos alimentares: a ingestão excessiva de qualquer nutriente pode resultar em problemas de saúde.
  3. Apoio ao conteúdo ministrado
  4. Estímulo à atividade física: pelo menos um aluno declarou que a partir dessa atividade física ele sairia do sedentarismo – afinal, até a sua mãe já fazia caminhadas e ele não podia ficar pra trás.

Ismael Andrade é professor do Ensino Médio do Colégio Stockler

Discussão

3 comments for “A nutrição dos alunos na balança”

  1. [...] Voltar: Ingestão de sódio Voltar ao começo: A nutrição dos alunos na balança [...]

    Postado por A Hora e a Vez | IMC e atividade física | May 24, 2011, 15:27
  2. [...] Continuar lendo: Ingestão de calorias Voltar: A nutrição dos alunos na balança [...]

    Postado por A Hora e a Vez | Adesão dos alunos ao projeto | May 24, 2011, 16:11
  3. Fantástica pesquisa! Os alunos que colaboraram com o estudo estão de parabéns – e o professor Ismael fez um trabalho excelente!

    Postado por Ivan Paganotti | May 24, 2011, 16:50

Postar um comentário