// arquivos

Arquivo de November, 2015

Consumo: o novo brinquedo das crianças

A publicidade infantil estimula o consumo de alimentos gordurosos e pouco nutritivos, a segregação social, a falta de preocupação ambiental e a preferência dada ao consumo no lugar da brincadeira. O consumo também supre o vazio gerado pela falta de afeto. Os pais se sentem obrigados a comprar para compensar sua ausência e, caso neguem o pedido, se tornam “vilões”. Como esperar um mundo melhor se ensinamos as crianças a serem consumidores precoces e, consequentemente, piores do que nós? – Por: Victoria Raissa Raiol Silva.

Comida, fome e desperdício

Existem 840 milhões de pessoas que são vítimas de fome no planeta. Ou seja, todas essas pessoas não recebem alimentos em suas casas, mas seria o motivo disso uma falha na produção?

Mídia: formação e manipulação

Desde o surgimento dos meios de comunicação e mídia, como jornais, televisão e internet, há a manipulação. Essa manipulação cresceu no final do século XX e na primeira década desse século devido à popularização e à reafirmação de meios de comunicação de massa. Isso causa um enorme prejuízo à sociedade e seu desenvolvimento, formando cidadãos com pouca capacidade reflexiva e que buscam sempre seguir um modelo de vida imposto pela mídia.

Respeitar diversidade e direitos

A mutilação genital feminina é uma prática realizada a aproximadamente três mil anos, principalmente em tribos da região da África e da Ásia. Segundo pesquisa feita pela UNFPA (United Nations Population Found) e pela UNICEF, de 2008 à 2013 por volta de 10 mil comunidades abandonaram a prática de mutilação genital com a ajuda de voluntários e ONGs. Esses dados nos mostram que é possível conciliar a diversidade cultural com direitos essenciais dos seres humanos, através da troca de informações e do respeito. Afinal, a cultura não deve ser vista como algo estagnado, e sim como um elemento em constante transformação.

Uma dengue melhor?

A febre chikungunya é mais uma das doenças transmitidas pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. É uma doença muito parecida com a dengue (transmitida pelo mosquito Aedes aegypti), pois além de serem transmitidas pelo mesmo mosquito tem sintomas muito parecidos. Essa é uma doença causada pelo vírus CHIKV e surgiu na região da Tanzânia por volta de 1950 onde foi identificada e isolada pela primeira vez e recebeu esse nome, pois significa “aqueles que se dobram” segundo o dialeto da região.

No tempo das manifestacões

No Brasil, segundo nossa constituição, o direito de se manifestar é algo garantido a todos, e ele nunca foi tão utilizado como está sendo agora. Manifestações de grande porte tomaram a avenida Paulista, que pode ser considerado o principal polo financeiro da cidade de São Paulo. No entanto, essas manifestações diferem muito quanto à posição dos manifestantes em relação ao atual governo, que pode ser considerado o principal motivo dos dois atos. Enquanto os manifestantes de sexta-feira (13 de março de 2015) eram pró-governo Dilma, os de domingo (15 de março de 2015) eram definitivamente contra.

Crise brasileira, piada nos EUA

O comediante britânico John Oliver, apresentador do programa Last Week Tonight da HBO, fez piada no seu programa de domingo (15/03/2015) sobre o possível envolvimento de Dilma Roussef no caso de corrupção da estatal Petrobras. No vídeo, ele explica que o esquema de pagamento de propina com dinheiro da empresa extrapolou tudo o que já se ouviu falar em corrupção no país. Desde a Copa do Mundo e as eleições do ano passado, o humorista vem adquirindo interesse pela política brasileira.

Tecnologia, use com moderação

A cada dia que passa, os seres humanos se tornam mais e mais dependentes das novas tecnologias. De simples jogos a grandes conhecimentos, ela consegue apresentar infinitas possibilidades de uso. E tal uso e dependência é o que traz maiores consequências para as pessoas.

Respeito e sexualidade

A homofobia pode ser definida como o preconceito que existe relacionado a pessoas homossexuais, bissexuais e transexuais. Todos os dias nós ouvimos em rádios, jornais ou em outros noticiários novos casos de discriminação e agressão contra gays. Por que os agressores quase nunca são punidos?

Novo caminho da intolerância

No Brasil entre, 2002 e 2011, pesquisas por sites neonazistas aumentaram 400%. Esses números mostram um lado muito interessante da realidade brasileira. Jovens brancos com problemas familiares e sociais se sentem atraídos pelo ideal de discriminar grupos menores pois encontraram uma solução para os seus fracassos. De acordo com as crenças do neonazismo, esses grupos são considerados intrusos por terem tirado do jovem branco um espaço que é considerado dele por direito.