// arquivos

Arquivo de November, 2014

A outra face da tristeza

A depressão, chamada de o mal do século XXI, está afetando cada vez mais jovens que, pressionados pelos padrões impostos pela sociedade e pelas mídias sociais, buscam a todo custo a “perfeição” – e, ao não obterem êxito em alcançá-la, frustram-se de forma gravíssima, resultando em uma série de problemas que somados, podem resultar na depressão. – Por: Bruna Brossa e Nathalie Calia.

Ritalina: o genocidio do futuro

Vende-se Ritalina como água. Segundo o Instituto de Medicina Social da UERJ, em 10 anos o consumo da droga aumentou em 775%. Prescrita para adultos, adolescentes e crianças diagnosticadas com déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), a Ritalina tem o objetivo de melhorar a atenção, diminuir o cansaço e acumular uma quantidade maior de informações em menos tempo. A droga é baseada na substância metilfenidato, da família das anfetaminas e tem o mesmo mecanismo de qualquer estimulante, como a cocaína. Por muitos a Ritalina é apelidada de “a cocaína dos pobres” e pela Drug Enforcement Administration é classificada como um narcótico.

Leque de opções e complicações

Uma das maiores escolhas do indivíduo na nossa sociedade é feita próxima dos 17 anos de idade. Aquela pergunta familiar que ouvimos desde a infância, “o que vai ser quando crescer?”, tornou-se mais complexa e incerta que no passado. Isso é devido ao fato de sermos submetidos a escolher nosso futuro, descobrindo nossa real vocação diante de um mercado repleto de opções, talvez cedo demais.

Letras: o alfabeto, sem ponto final

Apesar de muitas vezes ser julgada pela sociedade, Letras é uma carreira com grande relevância na formação humanista de um indivíduo. O Brasil é um país que exige uma melhoria no sistema de educação e, para isso, é de extrema importância a formação de um individuo na área – para que possa assim repassar seus ricos aprendizados ao longo de gerações. É fundamental que esses profissionais sejam devidamente valorizados no país, pois são eles que formam seres humanos capazes de melhorar o mundo. Formada em Letras e doutora em literatura pela USP, Vivian Steinberg, de 52 anos, responde nossas questões sobre seu trajeto na carreira.

Canções para o dia de amanhã

Tomorrowland é um dos maiores festivais de música eletrônica do mundo, e desde 2005 ocorre anualmente na cidade de Boom, na Bélgica. O festival traz como sua principal atração os músicos mais bem sucedidos do ramo. No decorrer dos anos, o Tomorrowland ganhou uma grande popularidade, que se deve a quantidade de pessoas de inúmeras nacionalidades que frequentam o evento e sua diferenciada infraestrutura em relação à arquitetura e ao design dos palcos.

Aborto: escolha impossível?

O aborto, ou interrupção da gravidez, é a remoção ou expulsão prematura de um embrião ou feto do útero, tendo como resultado a morte. Este pode ser espontâneo ou provocado. No Brasil, não é aceito o aborto, exceto quando há risco para a vida da mãe, incesto, estupro e anomalia fatal.

A influência do cinema

A arte vem perdendo sua autenticidade ao longo dos séculos. Dos muitos fatores que levaram a essa mudança, destaca-se a transformação da sociedade, o avanço da tecnologia e das novas mídias. Adorno, grande filósofo do século XX, desenvolveu uma teoria muito fundamentada sobre isso, chamando esse novo “modo” de arte de indústria cultura ou cultura de massa.

O mundo direcionado ao Brasil

O total de migrantes internacionais no mundo chegou a 231,5 milhões de pessoas em 2013, segundo dados ONU. Esse número engloba qualquer pessoa que viva em um país diferente daquele em que nasceu, mesmo que sua ida tenha ocorrido há décadas. A principal motivação que leva as pessoas a migrar é econômica: a busca por melhores condições de vida e trabalho. Mas existem situações de migração nas quais as pessoas são obrigadas a ir para longe de seus lares contra a vontade, para escapar de uma perseguição religiosa ou política, de uma guerra, de violações a seus direitos humanos ou de calamidades naturais, como terremotos. As pessoas que migram nessas condições são chamadas popularmente de “deslocados”.

Os “memes” e a política

Desde o começo das redes sociais, os memes (termo usado para se referir a um conceito ou imagem que se espalha rapidamente no mundo virtual) são repercutidos nas mídias sociais. Estas imagens influenciam muitas pessoas e chegaram agora a fazer piadas no mundo político brasileiro e internacional. Criam carisma, difamam, espalham casos, formando um grande centro de debates. Isso em alguns aspectos é bom, porém em outros pode ser um abuso.

Origens dos conflitos em Israel

A guerra dos israelenses com os palestinos vem acontecendo a muito tempo (desde o início do século XIX), e destrói muitas famílias e propriedades. Essa destruições foi por conta de atentados, que podem ser considerados como um ato terrorista (do lado dos palestinos), e por tropas militares.