// arquivos

Arquivo de March, 2011

Uma série de mortes em vão

O ser humano coloca-se num patamar tão superior que se acha no direito de eliminar seus semelhantes. Esse é o principal motivo dos genocídios: o etnocentrismo, uma visão de mundo, onde um ou um grupo de indivíduos com características similares pensam ser melhores do que os outros, resultando assim em extermínio dos outros grupos. Da Armênia ao Sudão, passando pelos campos de concentração alemães e a luta entre vizinhos na Ruanda, a triste história dos genocídios. – Por: Rafael Santos

Namoro: dilema dos que “ficam”

A adolescência por fim perdeu os freios. A Era da Informação fez crescer o constante fluxo de novidades e conhecimentos que circula pelo globo, ampliando numa escala incontável a visão de mundo dos adolescentes, que antigamente era refreada por tabus e pela falta de fontes de informação. Nesse vai-vem de coisas novas, os mitos foram quebrados e a juventude se viu livre num mundo em que as relações entre sexos opostos, ou até mesmo entre pessoas do mesmo sexo, já não eram um mistério, e por apelo da curiosidade não seguraram seus impulsos. Em meio a essa liberalidade, o interesse em estabelecer-se um compromisso entre duas pessoas, para tentar descobrir o mundo aos poucos, foi substituído pelo que os jovens chamam de “ficar”. Para entender melhor esse universo, consultamos profissionais e entrevistamos adolescentes para, nesse artigo, tentar descobrir a razão de, hoje em dia, a maior parcela dos adolescentes sentir-se perdida, ou até mesmo assustada, quando se trata de “namorar”.

Efeito 3G, internet e multimídia

Idolatrada por crianças, jovens, adultos e todas as outras faixas etárias possíveis, a Internet passou a ser fundamental no cotidiano de cada um, como se fosse igual à necessidade de ter oxigênio na Terra para respirarmos.

Violência: do anormal ao normal

Para crianças, bolas, bonecas e jogos de tabuleiro foram deixados de lado, sendo substituídos pela televisão, que exerce muita influência nos seus telespectadores de diversas idades. Essa influência deveria ser construtiva, mas é um dos maiores problemas da atualidade, pois junto a ela há a violência, que atualmente aparece em todos os canais, em todos os horários, em jornais, em novelas e até em desenhos animados.

Participação gera milhões de gols

Participar de uma Copa do Mundo traz inúmeros benefícios para o país que realiza esse ato. As nações menos conhecidas podem se expor mais internacionalmente. Além disso, a Copa é uma competição que favorece o inter-relacionamento, ou seja, participar dela é uma forma de um país se relacionar com outros.
Esses são algumas das vantagens que a Copa traz para um país participante da disputa. No entanto, estas são apenas em âmbito internacional. Há também benefícios internos, isto é, aqueles que ocorrem dentro do país. Estes acabam sendo deixados em segundo plano, porém, são muito importantes para a nação tanto para seus habitantes como para a economia dela.

Use a cabeça se desejar a vitória

Inúmeras vezes pensamos que o esporte apenas nos proporciona saúde, longevidade, bem estar, lazer, benefícios ao corpo e à mente e o fortalecimento das articulações. Porém, também pode causar algo que geralmente esquecemos, principalmente no esporte competitivo: os malefícios.

Retenção: um ano para se refazer

Muitas vezes, alunos não querem se responsabilizar por seus atos e, por isso, acabam retidos, tendo que refazer o ano letivo inteiro. A falta de comprometimento de alunos que não conseguem obter os resultados exigidos pelo colégio para passar de ano muitas vezes faz com que eles não tenham qualquer questionamento sobre seu rendimento escolar. A decisão dos professores de reter algum aluno ocorre por conta do próprio aluno, que não estudou o suficiente para atingir a meta do colégio. A decisão dos professores é baseada em determinados fatores como a capacidade intelectual do aluno de cursar o ano seguinte na série a seguir, sua maturidade e seu comportamento no ano cursado.

Competência de leitura

Ler. No momento em que nos deparamos com algo relacionado à leitura, automaticamente, pensamos nas palavras como veículos pois, por meio delas, uma ideia é passada adiante. A leitura é um modo de aprender a ver o mundo com outros olhos, ilimitando horizontes.

Energia: abundante ou verde?

Thomas Edison, um grande inventor, nos proporcionou um grande avanço tanto nas áreas cotidianas como nas tecnológicas ao desenvolver a energia elétrica. Sua criação vem sendo muito explorada nos últimos anos. Será isso um aumento na necessidade de consumo ou um exagerado desperdício da população desavisada? Existe alguma preocupação em relação ao meio ambiente?

Cada um respirando o ar que merece

Sempre existem dois lados de uma história. Na lei antifumo, não é o contrário: existe o lado dos fumantes, que acham que têm o direito de fumar onde, quando e como querem; e do outro lado, fumantes passivos e não fumantes, que acham esse um pensamento completamente egoísta.